27.1.09

o amor se encarrega de encontrar em mim cada pedaço de carne passível de entrar em colapso. tanta coisa em mim é forte; quando eu enfraqueço, é por completo. as paixões diárias às quais eu me submeto são demais pra esse meu corpo pequeno, se cada uma delas tiver o mesmo efeito catastrófico em mim não sei por quanto tempo mais eu agüento.
no mais, o estrago já está feito.
agora é esperar os efeitos colaterais.

Nenhum comentário: