29.12.09

impressões

sobre arquivo x

eu acabei de ganhar as três primeiras temporadas de arquivo x. antes disso eu assistia a série na recor, nates do advento da tv a cabo, depois passei a assistir na fox, até o último fatídico episódio. eles não reprisaram a série na fox porque quando ela acabou a popularidade não era lá muito grande, mas quando o fx apareceu eu conseguia assistir a alguns episódios, dublados, na hora do almoço. agora, pelo que eu vi, a série millenium passa no canal space, também dublada, mas nada de arquivo x. eu podia ficar horas aqui falando sobre arquivo x, o adorável mulder, os aliens, a conspiração, mas eu só queria dizer que agora, reassistindo a série desde o começo, percebi que é uma pena que as séries da fox tenham perdido sua hegemonia para as dos outros canais. no geral as séries da fox são muito mias bem intrincadas, interessantes e amarradas - vou tomar como exemplo básico a glee, que é uma das coisas mais lindas que podiam colocar na tv atualmente, e a extinta buffy que fazia das minhas tardes muito mais felizes.

outra série da fox que eu tenho assistido é dollhouse, que não faz grande sucesso porque passa no fx, e não em algum canal tipo a sony. dollhouse é bem interessante, e eu queria comentar aqui porque ela tem alguns preceitos similares aos de arquivo x: uma grande conspiração (que existe em menor escala que a conspiração traçada por mulder, claro) e um agente do fbi que investiga essa conspiração e é ridicularizado por outros membros do bureau. é óbvio que esse agente não tem o carisma do mulder, mas isso é o de menos. o que eu queria mesmo comentar é sobre a genialidade de arquivo x e sobre o fato de depois não ter havido nada serquer remotamente semelhante. dollhouse é interessante, mas é raso, é fácil de acompanhar e é extremamente simples em se falando de roteiro. sem contar que é muito fácil encher um episódio de baboseira de lutas e mulheres gostosas dando chutes voadores. arquivo x não tinha cenas de lutas coreografadas, e as pouquíssimas cenas de luta eram extremamente necessárias - e os personagens principais costumavam perder, porque ao contrário dos protagonistas de muitas outras séries, eles não eram perfeitos. mulder e scully eram inteligentes, extremamente sagazes, muito perspicazes e ágeis, mas não tinham sido treinados para lutar. isso dificulta bastante, hoje em dia, o caminhar de um único episódio de qualquer série, porque por algum motivo os roteiristas são incapazes de construir diálogos o suficiente para prender o telespectador por 45 minutos.

sem contar que arquivo x foi uma das primeiras séries a criar o conceito de série investigativa que tinha um grande problema a ser resolvido que durou a série toda, ao mesmo tempo em que um caso diferente era investigado por episódio. além do que arquivo x criou uma empatia nos telespectadores que poucas ou talvez até nenhuma série de televisão conseguiu. tanto é que personagens sem nome foram nomeados pelas pessoas que assistiam a série e de alguma maneira esses apelidos conseguiram se espalhar nation-wise. porque o termo canceroso não aparece NUNCA na série, mas todo mundo que assistiu arquivo x sabe quem é o canceroso - embora ninguém saiba quem decidiu chamá-lo de canceroso . inclusive não há nenhum indício de que o canceroso tenha câncer, embora ele fume pra caralho sem parar (tanto é que em inglês a alcunha dele é cigarette-smoking man).

Nenhum comentário: