31.3.10

hopin' these cigarettes will save us

é, é bem isso que a gente espera da vida: um grande espera uma grande ansiedade uma grande expectativa, pra sempre, sem volta nem solução, até o amor é uma espera eterna, pouca coisa é fácil nessa vida. o que é fácil é se decidir pelas esperas boas, pelas esperas toleráveis e pelas esperas bonitas.

uma vez, faz muito tempo, quando eu já me via enroscada nas esperas, eu tinha resolvido me ater a coisas que eu sabia que iam acontecer. água ferve, eu espero. ônibus vem, eu espero. chuva pára, eu espero. mas aquele tempo era outro, e eu percebi que essa decisão de não-esperar era ainda pior do que aquele desejosinho dentro da gente de que alguma coisa, qualquer coisa, aconteça. e no fim muita coisa aconteceu. e eu aprendi, na marra, que não é legal esperar só pelo ruim, pelo pior, porque o bom sempre chega, os cigarros tão sempre ao alcance pra ajudar com a espera, e às vezes eu não tenho nada mesmo além do maço de marlboro light amassado no fundo da bolsa.

5 comentários:

Nah Safo disse...

engraçado ler isso agora que eu voltei a fumar.

espero a epifania lá do De Volta para o Futuro.

Anita disse...

Ah. Eu espero, espero alcançar, espero não cansar, espero o quanto precisar... Tem coisa que vale a pena. Mesmo.

Anonymous disse...

O dificil eh quando bate o medo de que a espera pode acabar sendo melhor que o encontro...

mel disse...

cara, vou criar uma regra de não-anõnimos nos meus comentários. cada comentário anõnimo vai ser deletado. se quer comentar anonimamente INVENTA UM NOME. grata.

mel disse...

embora esse anônimo tenha sido muito sábio HEHE