22.3.10

sabe, eu gostava de gilmore girls. não porque tivesse um desenrolar lá muito interessante, mas valia a pena só por todas as referências que eles jogavam em cada episódio. uma pena que depois da quarta temporada quase todas as referências sumiram, néah, mas eu tenho algumas teorias de porque isso aconteceu.

1 - os roteiristas gastaram todas as referências músicais e filmográficas possíveis existentes nas três primeiras temporadas porque não acharam que uma historinha mela-cueca daquela ia render mais temporadas do que isso.
2 - depois que a rory entrou em yale ela começou a andar com pessoas chatas de yale que não tinham uma sabedoria de cultura pop suficiente pros roteiristas gastarem referências nas falas delas.
3 - mais do que isso, a rory parou de andar com a lane. a lane, lembremos, tinha a melhor e mais completa coleção de cds embaixo do assoalho do seu quarto, e sabia exatamente que tábua levantar pra tirar o cd perfeito que tinha a música perfeita para qualquer que fosse a situação emocional de sua pequena e chata amiga rory. depois que rory entrou em yale, a única outra referência musical que surgiu foi em não-sei-qual temporada que a rory volta pra stars hollow e encontra lane depois de um bom tempo. a lane olha pra rory, que agora está usando franja, e diz que gostou do novo hairdo porque "it's very marianne faithful". e FIM. nunca mais.
4 - outra coisa que foi crucial pro fim das referências foi que a rory pára de namorar o jess, o típico bad-boy-misunderstood-genious que tava sempre com algum livro incrível no bolso. ele era a fonte das referências literárias da série. depois a rory começa a namorar o logan, mauricinho-extraordinaire de yale, que nunca, not even once, se mostrou um leitor de qualquer coisa que fosse.
5 - outra coisa foi que rory e lorelai se distanciaram. lorelai era a responsável pelas referências cinematográficas desse agradável mas entediante seriado. aí a lorelai começa a namorar o luke, que era um hillbilly, e não era com ele que ela poderia falar de filmes, então, adeus piadas sobre o poderoso chefão.

acho que é por isso que gilmore girls ficou tão mais insuportável com o passar do tempo. além disso, a legendagem da warner era obviamente feita por pessoas que não tinham o mínimo conhecimento sobre bosta nenhuma, e acho que os pobres coitados que assistiam a série mas não sabiam inglês não conseguiram aproveitar nem um quinto das ironias e referências, porque as legendas não faziam o menor sentido. eu lembro de uma vez que a lorelai decide fazer uma maratona de poderoso chefão com a rory, e diz que quer assistir a cena em que a sofia coppola morre várias VÁRIAS vezes. aí o babaca legendou "A Morte de Sofia" como se isso fosse um OUTRO filme, e não uma cena do poderoso chefão 3 que exalta a falta total de talento dramático da pequena coppola.

tá, isso não tá indo a lugar nenhum. só lembrei porque eu tava andando na rua pensando na vida e de repente out of the blue me veio na cabeça a cena em que a rory e o jess tão enumerando rockstars que têm diploma universitário, e eu não consegui lembrar quem eles mencionam além do cara do weezer e o cara do offspring. (e agora não tenho certeza se são o jess e a rory que tão falando disso ou os membros da banda da lane).

2 comentários:

Nah Safo disse...

que legal vc falar disso. esta semana eu descobri que tá passando gilmore girls, da primeiríssima temporada, no boomerang.
chato pra mim que é dublado e não rola tecla sabe na antena à GATO.
mas enfim. a cena dos cd's debaixo do assoalho rolou.

mel disse...

hahah eu lembrei de tudo isso justamente porque semana passada assisti gilmoregirls no boomerang!