23.6.10

isso aí, galera, depois da trilogia heartbreak, voltamos à nossa programação normal *risos*. eu queria ter alguma coisa assim muito emocionante pra contar, mas eu posso dizer que faz mais de um mês que eu não vou na faculdade e eu tô procurando emprego novo porque preciso de grana pra pagar minhas dívidas e conseguir viajar pra algum lugar algum dia. além disso levei altos tapas na cara em menos de um mês, como vocês podem ter notado pelo flood de over-emotional posts (hehe).

fora isso o que aconteceu é que eu tive que engolir umas opiniões prematuras que eu tinha. quando eu era uma teen eu li o apanhador no campo de centeio e não gostei. achei totalmente superestimado (e talvez seja mesmo), mas na época eu nem me preocupei em pensar sobre a tradução que eu tinha lido (que eu acho que deve ser um lixo, mas não lembro direito), e coloquei o jd salinger na minha lista de autores hype que eu achava um lixo.

aí esse dias tava fazendo uma horinha na livraria da vila antes de ir dar aula e peguei franny and zooey pra ler. li menos que 10 páginas, mas tava adorando. não sei se o simples fato de eu ler no original fez do salinger um grande escritor, ou se o livro é mesmo muito melhor que o catcher in the rye, ou se eu era muito imatura pra entender o que tava lendo quando li meu primeiro salinger, mas resolvi comprar o livro e foi uma das melhores coisas que eu li ultimamente.

"I mean, treasure is treasure, for heaven's sake. What's the differente whether the treasure is money, or property, or even culture, or even just plain knowledge? It all seemed like exactly yhe same thing to me, if you take off the wrapping (...). Sometimes I think that knowledge - when it's knowledge for knowledge's sake, anyway - is the worst of all. The least excusable, certainly. (...) knowledge should lead to wisdom, and that if it doesn't, it's just a disgusting waste of time! But there never is! You never even hear any hints dropped on a campus that wisdom is supposed to be the goal of knowledge."

(demorou um pouco, na verdade, pra eu me acostumar com a idéia de zooey ser um homem, já que eu estou habituada a visualizar isso cada vez que escuto esse nome)

Um comentário:

Nah Safo disse...

acho que a primeira vez que eu vi a zooey eu era muito nova, então não entendi a beleza dela e a coloquei na minha lista de atrizes hype que eu acho um lixo.

como ela não tem tradução melhor, continuo assim.