1.8.10

sabem gente, preciso desabafar uma coisa aqui. não tem como eu gostar de alguém que fala coisas do tipo "tal álbum é um disco MUITO CONCEITUAL". não consigo. não consigo nem tentar me esforçar pra começar a gostar de alguém que diz coisas assim. eu não sei wtf é um álbum conceitual e não estou nem um pouco interessada em saber, mas o que eu sei é que gente que diz isso, e gente que sai comparando o pet sounds com o sgt peppers de acordo com suas "respectivas propostas" e "as respectivas execuções dessas propostas" não merece o meu respeito. e muito menos o meu carinho.

a impressão que eu tenho é que gente assim tá tão preocupada tentando firmar suas opiniões em bases teóricas "palpáveis" que esquece que música é uma coisa pra gente amar, não pra gente entender. quer dizer, quem tá realmente interessado se a proposta do pet sounds é mais ou menos pop que a proposta do sgt peppers? quem tá interessado no fato de que o sgt peppers "COMO CONCEITO" não existiria sem o pet sounds? por que raios eu estaria interessada nisso? todo mundo sabe a ordem das coisas, todo mundo sabe que o pet sounds inspirou o sgt peppers, e todo mundo sabe que isso é totalmente irrelevante quando a gente tem que escolher qual a gente GOSTA mais. qual é o melhor PRA GENTE. porque pra mim é isso que importa. qual tal disco seja melhor que outro num quesito pessoal e totalmente subjetivo, porque a gente se SENTE assim. gente que fica horas tentando convencer um bando de pessoas que o conceito de não sei o que foi melhor executado que o conceito de outra coisa não AMA nada. é isso o que eu acho.

e foda-se que essa seja a minha opinião apressada sobre alguém que eu mal conheço.

Nenhum comentário: