2.11.10

insônia

outro dia eu tava quase dormindo mas não dormi, e insônia a gente resolve assim: com música, com filme e tentando escrever. e eu não sei mas tenho essa impressão que ultimamente minhas idéias têm soado mais próximas do que eu sinto que queria expressar quando eu escrevo em inglês, o que é totalmente ridículo, but then again, eu tenho estado brega e clichê e em inglês as coisas bregas e clichês soam ligeiramente menos bregas e clichês do que em português, mas talvez seja só porque eu uso a língua portuguesa meio porcamente.
mas é isso, i got so much more than this, mas como a gente transforma em coisa palpável, em jeito de fazer os outros entenderem, como eu me faço mais understandable, mais clara, i’m just trying to get through. to you. eu queria saber quanto do que eu digo se perde, quanto do que eu quero dizer não sai nem slightly similar to what i think about, mas esse problema é atemporal e universal, eu bem sei. o que eu queria era ter assuntos diversos sobre os quais falar, e não repetir as mesmas idéias sobre o mesmo tema over and over again.

Nenhum comentário: