20.10.14

gente lembrei agora de uma coisa que aconteceu faz semanas

eu tava indo encontrar uma pessoa pra tomar uma cerveja e decidi que queria fumar cigarros, então entrei num boteco e pedi por um maço de marlboro light por favor e também um isqueiro, o gentil moço do balcão me mostrou as cores disponíveis e eu apontei para um isqueiro azul que o gentil moço do balcão gentilmente tirou da cartelinha e entregou em minhas mãos junto com o maço de cigarros.

do momento em que eu apontei para o isqueiro azul até o momento em que eu paguei pelo isqueiro e pelos cigarros, um senhor ficou ao meu lado dizendo "sai fogo desses isqueiro?" "sai fogo desses isqueiro?" e eu ignorei porque creepy, deixe meu isqueiro em paz por favor.

aí eu apoiei o isqueiro no balcão pra poder alcançar minha carteira na bolsa e pagar, e o cara continuava lá perguntando se ia sair fogo do isqueiro. eu paguei o que eu tinha uqe pagar e na hora que eu fui pegar o isqueiro do balcão o cara simplesmente tirou o isqueiro da minha mão e acendeu meu isqueiro pelo qual eu havia acabado de pagar, viu que saía fogo da porra do isqueiro e colocou no balcão de novo pra me devolver.

wtf.

tipo, o cara se sentiu no direito de testar meu isqueiro por mim sem eu pedir, sem eu deixar, sem eu nem ter demonstrado que tinha notado que o cara tava lá enchendo o saco o tempo todo.

sei lá fiquei puta, achei uma invasão do meu ~espaço pessoal~ e o cara ainda teve a pachorra de olhar pra mim com olhos sábios de quem viveu muitas vidas além de mim e dizer "você precisa testar o isqueiro mocinha" você que precisa testar esse seu hábito de dar opinião pra quem não pediu babaca

Nenhum comentário: