16.4.15

Humanos do SPFW, dia 3!

(publicado originalmente em lilian pacce, fotos aryanne valgas)

No 3º dia da edição primavera-verão 2015/16 do SPFW, cada look do corredor é uma expressão do que é a moda, uma relação diferente com as roupas e um jeito de conhecer mais a fundo as pessoas que fazem esse evento acontecer – ou que vem assistir! Acessórios diferentes e estampas deram o tom, e a regra é ser o mais pessoal e autêntico possível. Clica na galeria!

"Sempre fui uma amante de brechó e decidi abrir o meu! Assim juntei o amor pela carreira e a acessibilidade da moda. Acredito muito que o futuro da moda está em brechós que foquem em estilos diferentes e preços acessíveis." - Lais Rodrigues

"Trabalho com streetstyle, então busco inspiração nas ruas. Gosto de misturar o estilo mais esportivo com elementos mais chiques como o salto, e garimpo acessórios diferentes e divertidos na rua 25 de Março e em lojas que encontro por aí." - Roberta Martinho, editora de beleza

"A gente se conheceu em eventos de moda e gostamos de coordenar nossos looks, pra ter uma harmonia quando andamos juntos." - Felps Antunes e Mark Lima

"Somos de Santos, e lá quando saímos vestidos assim na rua as pessoas olham estranho, acham esquisito. Aqui em SP ninguém liga, tá todo mundo acostumado. Somos modelos, trabalhar nessa área foi a realização de um sonho de criança! Mas é preciso muito foco e continuar batalhando por mais que te digam que é melhor você desistir - e as pessoas realmente tentam te desanimar." - Nathalie Beller e Marcio Henrique

"Decidi usar essa fenda pra mostrar pele! Sou baixinha então acho que é melhor do que usar um vestidão fechado, que ia me engolir. Gosto de ser assim, meio diferente, e não gosto de salto, curto um visual mais desencanado, tranquilo." - Mariana Bernun, assessora de imprensa

"Faço hotelaria porque queria ter uma boa base profissional, mas quando terminar vou cursar moda. É uma carreira difícil, mas maravilhosa, porque a gente consegue expressar o que tá sentindo, mudar todo dia, é o máximo!" - Matheus Lima

"Comecei a trabalhar como modelo muito nova, em Brasília, e me apaixonei. Agora moro em Paris e vejo que toda a indústria de moda lá é muito organizada, até eventos como as semanas de moda, com tantas marcas, são organizadas com muita atenção pelos produtores, e todos os envolvidos parecem ter muito carinho pela área." - Larissa Mascarenhas

"Minha mãe tinha loja de tecidos, estou na área desde criança! Agora assumi os negócios, e estou aqui a procura de tendências. O tecido da minha calça é da minha loja!" - Harley

"Estou estudando o impacto do ambiente no jeito que as pessoas se vestem. Em SP dá pra ver bem a diferença no estilo de pessoas da zona Leste e do Centro, por exemplo. Acredito que todas as expressões que envolvem imagem andam juntas e influenciam umas às outras." - Thales Kahei, arquiteto

"Trabalhamos com arte e cinema, e a moda ajuda muito na construção de personagens, tanto em filmes quanto em desenhos e pinturas. Moda traz um desejo da imagem, cria personalidade." - Bernardo Bath, produtor de cinema "Curtimos roupa independentemente se ela foi feita pra homem ou mulher, o que vale é se expressar e se divertir! Eu faço meus próprios acessórios, às vezes faço pra amigos também, e o negócio é garimpar! Muito brechó, segunda mão, nada de ostentação, de pretensão." (Leandro Dario, artista)

Nenhum comentário: