18.9.15

coisas que eu queria:

- ser linda
- só

ao invés de ser linda eu sou uma pequena menina com uma certa ligeireza na escrita mas zero jogo de cintura na vida real, e meus aluninhos do primeiro ano me disseram hoje que eu tenho um "cérebro falso derretido de zumbi" e eu achei mesmo uma descrição bem apropriada da minha pessoa?

hoje meu cérebro falso derretido de zumbi decidiu mesmo largar de vez o the martian pois pra que insistir em leituras que não te levam a lugar nenhum, certo, e tentou se aventurar num livro de contos do mia couto, mas como cérebro derretido que é, achou bem difícil conseguir acompanhar a nova leitura pois 1) em português (fazia alguns anos que eu só tava lendo livros em inglês??? foi culpa da fase murakami) 2) em português muito bem escrito, com metáforas e neologismos e sentidos ocultos e coisas pra se pensar (realmente compreender leituras complexas é difícil pra um cérebro falso derretido de zumbi)

então na verdade além de ser linda eu queria ser inteligente.

mas inteligente de verdade, não inteligente desse jeito que eu venho faking desde a adolescência, sabe, esse jeito engraçadinho, cheio de referências de cultura pop e toda uma suposta intelectualidade.

eu culpo meus pais por terem me feito acreditar que eu era uma criança mesmo muito inteligente e terem incentivado a síndrome de my girl nessa pequena moça que canta canções do cohen quando ela era ainda menor e mais insignificante.


que lindo, né, girl, mas o que VOCÊ está fazendo pra ser intelectualmente estimulante na visão dos outros? (dirijo essa pergunta à menina do my girl e a mim mesma, já sabendo que as duas respostas serão: absolutamente nada. mas essa menina era muito chata plmdds e eu pelo menos sou legalzinha)

essas são as reflexões do dia.

Nenhum comentário: