28.11.15

ever changing moods

hoje eu quase saí com algumas amigas mas não saí

isso não é digno de um post mas foi o que aconteceu

also o que aconteceu é que eu estava desesperadamente procurando alguma coisa nova pra ouvir e achei esse vídeo do paul weller tocando no tiny desk concert e gente, como esse homem envelheceu bem, como ele continua com aquela elegância mod e todo um talento e todo um desapego a rótulos musicais e acho que nada que ele escreveu pode descrever a vida tão bem quanto os tais dos ever changing moods




que no meu caso representam aquela coisa de a gente tá contente de repente tá desanimado e frustrado e aí tá feliz e em seguida perdido e logo depois calmo e tranquilo e então desesperado, toda essa coisa que me perseguia na adolescência e continua acontecendo às vezes na vida adulta

mas o que eu acho mais legal mesmo é que no caso do paul weller é mais uma coisa de música mesmo, o cara troca de mood musical com a mesma frequência que eu troco de emprego, e é sempre lindo, é sempre autêntico, é sempre bem feito e bonito de assistir, e como pode um homem envelhecer tão bem?

não sei

só sei que foi assim



e se isso não é entretenimento dos bons não sei o que mais pode ser




(quando até o morrissey regrava é porque coisa ruim não é, néam)




sem contar que, né, esse corte de cabelo novo tá bem melhor do que o que ele tava usando nos últimos anos


Nenhum comentário: