29.4.16

descobertas

porque nem só de sofrência e incoerência uma pessoa pode viver, né, e esses dias eu descobri umas coisas bem incríveis e só queria registrar aqui pra nunca mais esquecer.

tem um autor de literatura infantil americana chamado mo willems. ele é demais e as histórias dele são incríveis, e eu faço um estudo de autor com ele em várias das minhas turmas. aqui uma pequena campanha incentivando a leitura no geral e também a leitura dos livros de mo willems, que são d+



esses dias pesquisando sobre ele descobri que não apenas ele escreve livros incríveis, mas foi o co-criador de KABLAM! isso mesmo, KABLAM!, um dos melhores desenhos animados já produzidos pela nickelodeon.


além disso, ele criou sheep na cidade grande, um desenho muito louco e absurdo do cartoon network que minha irmã assistia - e eu também porque a gente tira a menina da infância mas não tira a infância da menina, não é mesmo. (aliás, lembra aqueles tempos em que todos os desenhos do cartoon eram muito loucos e absurdos? pensando bem os desenhos originais do cartoon continuam sendo muito loucos e absurdos, né, taí uma equipe de criadores roteiristas desenhistas etc que merece se dar bem na vida)



outro autor que eu estudo muito com meus alunos é o roald dahl, e hoje conversando com minha irmã sobre ele decidimos checar que outras obras ele tinha escrito para adultos além dos tales of the unexpected. não achei a resposta porque imediatamente após digitar o nome dele descobri que o primeiro livro infantil que ele escreveu (e pelo que eu entendi, o primeiro livro at all) foi nada mais nada menos do que::::::::::::::: GREMLINS.

GREMLINS, GENTE.

e não apenas isso, sabe DA ONDE surgiu essa história? veja bem, o roald dahl foi do exército e os gremlins eram uma lenda da força aérea real - seres maléficos e pilantras que estragavam os equipamentos. 

eu revi os gremlins há não muito tempo e até comentei sobre a experiência, mas jamais teria imaginado que eles tinham sido criados e escritos pelo roal dahl. até porque, esses gremlins do filme da sessão da tarde que nós tanto amamos não são os mesmos gremlins do roald dahl


é tipo o wal-ee, que é e ao mesmo tempo não é o mesmo robô do outro clássico da sessão da tarde, short circuit


a vantagem de ser a disney é que você pode plagiar a si mesmo sem sofrer grandes consequências e sem ninguém nem perceber, porque a gente tem mesmo memória curta, né.

é por isso que eu sempre digo, amigos, leiam, pois quem leu alguns livros leu todas as histórias - afinal as histórias são todas a mesma história contada over and over and over e a gente, ó, só pagando pra consumir essa reciclagem eterna.




Nenhum comentário: